Carisma

Temos como resumo profético do nosso carisma: “Combater o bom combate como igreja militante e guarda a fé levando assim os homens ao coração da Santa Igreja”.

São Paulo já no final da sua vida ele disse: “Combati o bom combate, terminei a minha carreira, guardei a fé (2Tm 4,7), ou seja, combate o bom combate e guarda a fé, sem duvida foi à missão de São Paulo em primeiro a Timóteo ele escreveu assim:” Combate o bom combate da fé” (1Tm 6,12), sem duvida o combate que ele combateu foi a defesa da Sã Doutrina ele mesmo escreveu: “Sustenta o mesmo combate que tendes visto travar e no qual sabei que eu continuo agora” (Fl 1,30).
Inseridos nesse combate pelo mistério da paixão de Jesus Cristo somos os Combatentes na Fé. Nosso carisma é expresso pelo sonho profético de São Dom João Bosco onde, uma terrível batalha no mar, desencadeada por uma multidão de embarcações, pequenas e grandes, contra um único majestoso navio, símbolo da Igreja. Esse navio, várias vezes atingido, mas sempre vitorioso, era guiado pelo Papa. Ancorou seguro entre duas colunas saídas do mar. A primeira tinha em cima uma grande hóstia onde se liam as palavras “Salus credentium” (salvação dos crentes); na outra coluna, mais baixa, estava a estátua da Imaculada com as palavras “Auxilium Christianorum” (Auxílio dos cristãos). Assim como diz São Clemente Romano: “ Estamos na mesma arena e o mesmo combate nos espera”. Estamos nesse majestoso navio que é a Igreja Católica Apostólica Romana e para permanecer firmes como igreja militante temos a espiritualidade Eucaristica ,Mariana e apologética em virtude da Igreja.
Assim somos chamados por Deus a participar da Santa Missa se possível diariamente. A Santa Comunhão nos da força para missão, só podemos levar Cristo ao outro se Ele estiver em nós. Nos comungamos para evangelizar e evangelizar para levar a comungar. Jesus Eucarístico deve ser o centro da nossa vida sem nada podemos fazer (Jo 15,5). A adoração para nos transfigura em almas eucarísticas e assim pelo nosso testemunho de vida esplandecer o sol da Justiça, Nosso Senhor Jesus Cristo. Devemos adorar o Santíssimo Sacramento, ser como serafins diante do Senhor, adorar se possível diariamente para sermos fortalecidos a combater o bom combate e levar a Boa Nova.
Consagramos totalmente a Jesus Cristo por meio da Santíssima Virgem Maria, praticamos a verdadeira Devoção a Santíssima Virgem Maria, mergulhando dentro dessa Forma Dei como diz Santo Agostinho.
Estamos em constate formação Sagrada Escritura, Tradição e Magistério forjando o caráter apologético dos soldados de Cristo que combatem na Fé Católica, expressando o amor a Igreja Una Santa Católica Apostólica Romana São Pedro diz: “Antes, santificai a Cristo, como Senhor, em vosso coração; e estai sempre preparados para responder com mansidão e temor a qualquer que vos pedir a razão da esperança que há em vós” (1 Pedro 3.15). Resumidamente o Apologético em uma frase é: Defensor da Igreja.
Vivemos pela providencia Divina entregamos nossa confiança em Deus pois Ele cuida dos pássaros dando moradia, alimento e vestes, e a nos muitos mais cuidaram por sermos Seus filhos (Mt 6,25-34) , onde pessoa tocadas por Deus nos ajudam com doações para nosso sustento, sendo os benfeitores e amigos da fraternidade.